Artigos

Sendo uma variante do teste de Cooper (teste de corrida desenvolvido para o exército dos EUA altamente aplicável na avaliação da condição física, mas muito exigente em indivíduos com patologias cardíacas ou respiratórias), o teste de caminhada de 6 minutos (TC6) é uma ferramenta útil na prática clínica principalmente para a avaliação funcional de pacientes com doenças respiratórias, mas também apresenta utilidade clínica em pacientes com insuficiência cardíaca, sendo abrangente e adequado (em termos de intensidade física) para todos eles. Estudos também mostram que o teste tem uma alta correlação com o consumo máximo de oxigênio (VO2 máximo) em pacientes com DPOC e insuficiência cardíaca, contribuindo significativamente em sua avaliação O teste consiste em medir a distância que uma pessoa pode caminhar em 6 minutos ao longo de um corredor plano (30 metros ou mais para ser consistente com o usado para obter os valores previstos), sendo convidado a andar o mais longe possível nesse tempo.

Uma das soluções mais inovadoras lançada recentemente no mercado para TC6 é o Vyntus Walk (Vyaire Medical), que é um dispositivo médico que tem um tablet e sensor de oximetria para comunicação por Bluetooth® para a gravação contínua de Frequência Cardíaca e Saturação de Oxigênio (SpO2) não invasiva do paciente, incorporando no software do Tablet as últimas recomendações da ATS / ERS (organizações norte americana e europeia, respectivamente, torácica e respiratória). Além disso, permite que você insira dados de pressão arterial, taxa de esforço percebida, suprimento de oxigênio e tipo de fornecimento de oxigênio, bem como o tipo de assistência ao caminhar. Sem dúvida, é uma ferramenta que pode melhorar e aumentar os padrões de qualidade para este tipo de testes, ao mesmo tempo em que otimiza o fluxo de trabalho diário.

Confira artigo sobre o teste e materiais complementares sobre avaliação cardiorrespiratória nos links abaixo: 

Para maiores informações técnicas e comerciais do Vyntus Walk, entre em contato com a Bioscan. 

 

O controle de qualidade microbiológico na indústria alimentícia é de extrema importância para evitar a contaminação de alimentos por diversos microorganismos patogênicos e suas possíveis epidemias. Para coleta de amostras em aves é necessário a utilização de hastes flexíveis, mais conhecidos como swabs, para fácil aquisição da amostra.

Os swabs flocados da Puritan® apresentam tecnologia inovadora em sua produção que otimiza a qualidade e resistência das fibras, fator que influencia diretamente no resultado final da análise realizada. Conseguem coletar os organismos do local, otimizando a recuperação do patógeno e mantém sua viabilidade durante o transporte até antes da cultura. Devido a essas fibras, o processo de eluição é simples e rápido. Todos esses benefícios proporcionam qualidade e confiança para o usuário.

Lembrando que a Bioscan é distribuidora exclusiva da Puritan® fornecendo os mais diversos swabs para diversas amostras, como coletas para análises forenses, microbiológicas, citológicas e ambientais, podendo esses serem estéreis e não estéreis, com hastes de madeira, plástico e aço, além de poderem podem ser usados para fins na indústria e diagnóstico.

Faça o Download do material adicional (em inglês):

PurFlock® Swabs

PurFlock Ultra® Flocked Swab

Sempre em busca de novas soluções aos nossos clientes, a Bioscan lança no mercado kits para identificação PRECOCE de infecções fúngicas, que tem a sua incidência aumentada  nos ultimos anos, sendo consequencia de graves complicações em pacientes imunosuprimidos  e uma das principais causas de óbitos. Dessa forma, quanto mais cedo o diagnostico aconteça, mais chances de sobrevida o paciente passa a ter.

Para determinação dessas infecções, a BIOSCAN disponibiliza aos seus clientes os ensaios:

- Kit Aspergillus Galactomanana (GM): ensaio quantitativo do antígeno galactomanana pela metodologia de ELISA, rápido e de fácil execução – importante ferramenta no diagnóstico precoce de Aspergilose invasiva, bem como o monitoramento da terapia antifúngica. 

- Kit para dosagem da (1-3)--β-Glucana é o principal componente da parede celular da maioria dos fungos, tais como Candida, Aspergillus Fusarium, etc. 

O ensaio (1-3)--β-Glucana é baseado na metodologia de ELISA para a detecção quantitativa de (1-3)--β-Glucana no soro humano. Oferecendo um diagnóstico de referência para doenças fúngicas invasivas.

 

Faça o Download abaixo dos materiais complementares:

An evaluation of the performance of the DynamikerR Fungus (1-3)-β-D-Glucan Assay to assist in the diagnosis of invasive aspergillosis, invasive candidiasis and Pneumocystis pneumonia

Aspergillus Polymerase Chain Reaction: Systematic Review of Evidence for Clinical Use in Comparison With Antigen Testing

 

Agdia®, empresa pioneira na detecção de fitopatógenos, OGMs e hormônios vegetais, disponibilizam diversos métodos e tecnologias como PCR, detecção rápida por imunocromatografia, ELISA e entre outros. 

É uma empresa certificada pela ISO e IEC e parceira da Bioscan, onde conta com nosso conhecimento técnico e agilidade para a distribuição dos seus diversos produtos. 

Buscando trazer maior produtividade no plantio e colheita na agricultura, a Agdia® busca constantemente melhorias e facilidade de manuseio em seus produtos para obtenção de resultados rápidos e de confiança. Um dos maiores exemplos é o desenvolvimento das tiras IMMUNOSTRIPS®, que com uso de tiras de imunocromatografia proporciona resultados em menos de 15 minutos. Possibilitando a realização do teste em campo, sem a necessidade de uma estrutura laboratorial para realização do mesmo.

A linha de testes de ELISA da Agdia® fornece alto grau de qualidade e são disponíveis para uma grande gama de patógenos (vírus, bactérias e fungos).

Contamos com uma equipe altamente qualificada fornece treinamentos contínuos aos nossos clientes e também dispomos de um laboratório para execução de ensaios. 

O IOS (Sistema de Oscilometria por Impulso) baseia-se na superimposição de pequenas oscilações de pressão com múltiplos conteúdos de frequência na respiração espontânea do paciente e é empregado por profissionais da saúde para auxiliar a diagnosticar doenças pulmonares como asma e fibrose cística além de, com extrema facilidade, testar função pulmonar de crianças, adultos e pacientes geriátricos quase que de forma independente da cooperação do paciente, pois não requer esforços e pode ser útil para testar os pacientes que não podem realizar manobras aceitáveis de espirometria.  

Avalia e diferencia a função das vias aéreas em condições de repouso e detecta precocemente e com muita sensibilidade a obstrução pulmonar. Tem a capacidade de medir a impedância sob diferentes frequências que possam indicar resistência periférica e central das vias aéreas, diferenciando-as, podendo mostrar um paciente com asma, assintomático, com espirometria normal que esteja com aumento da resistência das vias aéreas. 

Para tirar as dúvidas se a terapia broncodilatadora está sendo eficiente, o IOS avalia resposta terapêutica apresentando uma resposta objetiva, mesmo quando o VEF1 não consegue fazê-lo. 

O IOS também consegue determinar a hiperresponsividade brônquica e o respectivo grau de reversibilidade. Apresenta a facilidade de determinação do fluxo respiratório e ainda monitorar o efeito da provocação brônquica sobre o tônus das vias aéreas. 

Para facilitar o manuseio, realiza classificação e interpretação automática dos resultados de exames.

 

Clique nos links abaixo para fazer o Download dos Materiais Adicionais Completos

ios_gen_pres_expert.ppt

beretta_et_al.pdf

 

Rua Padre Bento 227, Vila Padre Bento, Cep 13313-010 - Itu - SP
Telefone: 11 4022-9797
Nome

E-mail(*)
Invalid email address.

Mensagem
Invalid Input